03 outubro, 2012

Rede

É muito fácil agradecer a Deus pelo dia quando ele corre, digamos, “feliz”, ou seja, se faz um belo sol; quando você não pega engarrafamento e, de quebra, acha a melhor vaga do estacionamento; se consegue finalizar uma tarefa difícil com rapidez e qualidade... Mas há dias que começam com o chuveiro queimado ou com uma trágica xícara de café ao chão, dias que são verdadeiros testes, aqueles dias que “não são o nosso dia”, bem afinados com a tal “Lei de Murphy” - adágio popular da cultura ocidental que afirma que “se alguma coisa pode dar errado, com certeza dará". Aliás, de onde veio essa lei besta mesmo? Também acho graça quando alguém repete a expressão “eu quero, eu posso, eu consigo”, como se tivesse o controle das situações.

É ingênuo acreditar que as coisas acontecem por acaso ou que somos os donos dos nossos destinos. Gosto de pedir a Deus que me guarde na palma da sua mão – como na singela saudação que recebi num e-mail recentemente. Cansa querer ter o poder sobre a vida, sobre os outros, sobre as circunstâncias.

Bom é ter um coração grato e paciente, mesmo nos dias “infelizes”, porque mesmo nesses dias “chatos”, “errados”, “tortos”, temos algo a aprender. A existência é interessante porque é imprevisível, porque Deus é criativo, fazendo de cada dia um dia diferente, conforme uma rede infinitamente complexa, com surpreendentes e incontáveis conexões entre pessoas e acontecimentos. Viver é ser um ponto minúsculo nessa rede e reconhecer, sem medo, o limite humano.



4 comentários:

Sarinha disse...

QUe lindo Guidi!! Adorei o texto!! Concordo plenamente!! Vc sempre me emocionando com suas palavras simples e sábiaS!
BEijos de Sarinha! =)

Sonia disse...

Então não sou só eu que penso que estas frases que nos colocam acima de tudo, como se tivéssemos o controle sobre as circunstâncias, não passam de meras frases. Acredito em nos dispormos às circunstâncias e pedirmos a Deus proteção, força e coragem para enfrentá-las.

INGRID DRAGONE disse...

Sônia! Adoro sua participação! Bj!

INGRID DRAGONE disse...

Obrigada, Sarinha! Que saudade de você!!! Bj!