25 novembro, 2009

Simplesmente simplicidade

Para falar de simplicidade podemos começar pelos jardins. Eles se ocupam apenas de ser o que são. E são lindos, de uma beleza indescritível. Rosas, margaridas, crisântemos, violetas; todas são simples. Florescem no tempo certo, emprestam poesia ao nosso caminho e se vão. E a felicidade é assim: simples.

Mas o mundo e as pessoas exigem que sejamos complexos. Somos impelidos a sempre buscar mais informações sobre tudo, ser mais conhecidos, ter mais sucesso e bens. Muitas vezes, constato, motivados pelo sentimento de aceitação ou necessidade de aplausos.

A complexidade de tudo querer em pouco tempo nos deixa angustiados, ansiosos, tristes, frustrados e até doentes. Desperdiçamos a nossa energia com inúmeras atividades diariamente e no meio desse emaranhado de compromissos esquecemos do sorriso, do abraço, do café da manhã diante do sol, de proferir a palavra que acalma, de ouvir essa palavra; coisas simples.

Ter essas coisas simples, para mim, é ser sofisticado. Boa parte dos nossos esforços não é justamente para termos isso? Qualidade de vida, conforto e paz? E tudo isso é sinônimo de leveza e felicidade.

A pessoa simples é leve e feliz porque não enxerga problemas em coisas pequenas e ao mesmo tempo vê a beleza das coisas comuns, entende o valor delas. A pessoa simples não carrega muitas coisas nos braços, carrega muitas palavras boas no coração. E eu quero ser assim: cada vez mais sofisticada, cada vez mais simples.



Ingrid Dragone

4 comentários:

Anônimo disse...

Ingrid,

A simplicidade tem sido uma opção pedagógica de comportamento na busca de solução de problema, em laboratório de criatividade, no mundo empresarial. Viver a vida é muito simples. Nós complicamos muito. A vaidade e a paranóia pelo poder são, na maioria das vezes, os motivos de tanta complicação.
É muito bom acordar e ler e ver coisas bonitas no seu blog.

Abs

Francisco

ssa_vv@yahoo.com

INGRID DRAGONE disse...

Pois é... Quero viver descomplicando... Obrigada pela visita, Francisco! Volte sempre!

sandro caldas disse...

Oi, Ingrid. Vi somente hoje seu comentário no meu blog! Sim, eu apaguei o que vc me pediu..rsrs!
Bom, viver sem complicar a vida é muito bom, sobra tempo para apreciarmos a beleza verdadeira dela: a simplicidade das pequenas coisas do dia a dia, mas que muita gente não percebe. Vemos milagres o tempo todo, mas somos tapados pelas mediocridades.
Esse seu post tem muita ver com o meu texto sobre o livro que li sobre Deus.
MANDEI UM EMAIL PRA VC APROFUNDANDO MAIS O MEU PENSAMENTO A RESPEITO. LEIA E ME DÊ UMA RESPOSTA, PQ NESSE MOMENTO QUE ESTOU PRECISO DE OPINIÕES INTELIGENTES.
Grande beijo!

INGRID DRAGONE disse...

Bem, Sandrinho, fico feliz que tenhamos trocado algumas ideias a respeito. E obrigada pelo "opiniões inteligentes"! rsrsrsrs.