08 abril, 2008

Baixinha com Orgulho


Em 1954 a baiana Martha Rocha teria perdido o título de Miss Universo por causa de duas insignificantes polegadas a mais nos quadris. Essa é uma lamentável história de medidas sem importância, assim como a minha mais recente descoberta. Estive fazendo exames de rotina na semana passada e soube que há muitos anos estive enganada quanto à minha altura. Tenho 1,57 m, e não 1,58 m. Baixinha com atestado médico e tudo!E daí? Em nada isso me incomoda ou atrapalha. Muito pelo contrário.

Baixinhas podem namorar baixos e altos (estes dizem que baixinhas são portáteis, podem ser levadas no colo, nos ombros, nas costas). Baixinhas podem abusar do salto alto, pois, de modo geral, não ficam maiores que os homens. Eu, particularmente, uso porque acho mais elegante/bonito e não por qualquer complexo. Baixinhas que dançam, como eu, sempre ficam na frente das coreografias e são facilmente carregadas por seus parceiros. Baixinhas, muitas vezes, são mais femininas. Baixinhas escapam facilmente de locais apertados. Baixinhas ganham apelidos carinhosos como “minha pequena” (o meu, por acaso).

Definitivamente eu gosto de ser baixinha. Que venerem o estereótipo da mulher alta, ditado pelo mundo das celebridades e da moda... Não tenho e nunca tive problemas com a minha estatura. Por que altura tem de ser sinônimo de beleza? Meu único problema é ter de mandar fazer a bainha das calças.

Ingrid Dragone

6 comentários:

Anônimo disse...

É...até que vc é uma baixinha gente boa....rsrsrsrs..
bjss
Luiz

INGRID DRAGONE disse...

Baixinhas costumam não ser legais, Luiz??? rsrsrs.

Gilberto disse...

Nossa... muito legal seu artigo. Tudo verdade hahaha :), mulher baixinha tem o seu charme,adorei o seu blog, muito bacana

INGRID DRAGONE disse...

Obrigada, Gilberto! Espero que continue acessando! Um abraço!

Mikita disse...

Oi Ingrid!Amei seu artigo, queria ser como vc, não ter complexo de minha estatura, tenho 1,40 bem baixinha não é? pois é, mas nunca deixei de fazer o que quero por isso e tenho 3 belos e lindos filhos que já me superaram na altura sem contar que meu marido tem 1, 80.Queria só não me sentir tão complexa, a vida inteira me senti assim, espero um dia me aceitar como sou.
Beijos amiga

INGRID DRAGONE disse...

O fato de ser baixinha não te atrapalha em nada!!! Até um "maridão" vc tem! rs. beeeeijos!