01 janeiro, 2008

Chegou 2008


A propósito... o dia nasceu especialmente bom hoje. Sol amarelinho, amarelinho. Cidade meio parada. Qual a diferença mesmo? Ah! Ano novo. Vamos nos acostumar. Agora há um 8 no final.

Final... Encontramos muita felicidade ontem. Perspectivas e momentos regados a champagne e sonhos. Adormecemos, e foi tudo uma festa. Muito cheia de luz, mas só uma festa. Fica a fotografia, a areia da praia impregnada na blusa branca, a poesia do sorriso.

Começo... Retomada? Renovação? Realidade! A mesma! A mudança é na mente arejada, que em tudo pensa, que em nada se fecha, cotidianamente...

Chegou 2008. Mais um dia. O fio da vida não se interrompeu.


Ingrid Dragone

Um comentário:

www.estreladosaofrancisco.com disse...

Que nesse 2008 vc continua aflorando belos textos e idéias agradáveis de se apreciar, adoro sua escrita e pensamentos expressos através da literatura. sensibilidade e inteligência. I love all.