22 dezembro, 2007

Meu Melhor Presente de Natal


O meu coração, neste Natal, não almeja uma casa enfeitada com guirlanda, ou árvore, ou luzes, ou velas. Nem almeja uma ceia farta. O que ele quer é estar aconchegado no quentinho dos braços daqueles que ama.

O meu coração quer sorrir pela presença de pessoas especiais. A mágica estará na beleza de um olhar sincero, que derrama em poucos minutos a imensidão de emoções que a boca demoraria horas para dizer, e as mãos demorariam meses para escrever.

O meu coração, neste Natal, não sabe quem irá bater à sua porta. Mas sabe o quanto de amor tem a oferecer para aqueles que o tocarem.

Meu coração desconhece a ordem de nada esperar. Vai viver a tentativa de serenar as suas expectativas, tão ainda parecidas com as da época em que se acreditava em Papai Noel.

Meu coração, neste Natal, quer sentir-se ligado a outros corações. Trocar energias iluminadas. Transformar em canção todas as notas que muitas vezes ensaia sozinho.

Meu melhor presente de Natal é o meu coração batendo feliz. Cheio de amor para quem ele ama e para quem a ele der amor. Cheio de carinhos caprichados, como que amarrados em belas fitas de cetim.

Meu melhor presente de Natal é aninhar em meu coração um monte de sonhos bons. Esses sim, estarão enfeitados, lindos, lindos de se sonhar. Enfeitados com um brilho mais intenso. Com uma força grandiosa. Com o cuidado de não fazer sofrer. Com a magia de entender o gesto e a palavra que afaga um coração ferido. Com a magia de saber compartilhar a alegria com outro coração alegre.


Ingrid Dragone


2 comentários:

Amanda Dragone disse...

Nada melhor do que ver coisas bonitas em época de Natal, uma delas foi esse texto! Lindo, lindo, lindo!

Anônimo disse...

Esse texto eu vou roubar pra mim.....rsrsrrs...
bjsss....quero a mesma coisa nesse Natal.....será que Papai Noel dá a mesma coisa pra duas pessoas diferentes??? rsrsrrs
bjssss
Luiz