27 novembro, 2007

Fotografia



Ora horas...

(tic-tac)

Ponteiros insistentes!

(tic-tac)

As mãos entrelaçadas

(tic-tac)

As faces sorridentes

(tic-tac)

Nossa fotografia...

(tic-tac)

A foz do pensamento

(tic-tac)

Eu quero toda a vida

(tic-tac)

Guardada num momento



Ingrid Dragone

6 comentários:

Amanda Dragone disse...

Tão fofinho esse poema, sempre gostei!

Manu disse...

Muito fofo amiga!

Beijos

Clarissa disse...

Ingrid tá numa fase poética?!
Muito legal!!

Anônimo disse...

Oi menininha! Posso divulgar aqui o blog de meu cunhado? é http://acodebrasil.blogspot.com/. Tudo sobre trânsito, denúncias e afins.
Sigo lendo seu blog. Porque não atualiza mais?
Bjs!
Luisa

kliffoth disse...

oi, moça
cm eu disse so entrei aqui umas 3 vezes( essa esta sendo da terceira)
entao seria um falta de educação de novo vim aqui e nao deixar um comentario

entao eh isso

td de bom
bjs
os poemas estao bons

INGRID DRAGONE disse...

Não sabia que esse poema faria tanto sucesso! rs. Bem, quero aproveitar para dizer que esses dias a correria foi grande e não deu para atualizar o blog. Mas, como adoro meus leitores assíduos, tratei de postar um texto (Mundo Paralelo) hoje. Espero que curtam. Beeeeeeijos.