22 outubro, 2007

O clima do meu domingo e os versos de Deus


Esse foi o clima do meu domingo... Um sítio. Relógio e celular bem longe. Desligada do mundo por algumas horas, por um dia... Ar livre, reflexão, amigos e música. Vivendo as coisas simples da vida. E sabendo que essas são as melhores coisas.

Olhando (agora) essa foto a inspiração vem e assim escrevo:

A palavra de Deus é a metáfora mais bela e viva se fazendo na maciez da pétala enfeitada pelo brilho do orvalho. No canto de um pássaro que, gentil, alegra a nossa jardineira ao primeiro espreguiçar da manhã. No cheiro que a terra exala quando molhada pelos prantos das nuvens. No sorrir de uma criança que pula nas poças d’água e não se importa com a brancura dos seus sapatos.

Deus escreve, se escreve e se lê no poema do mundo. E o homem nunca conseguirá falar montanhas, praias e jardins como Deus fala. Todos sabemos o que é uma rosa; ninguém a diz tão rosa, tão vermelha, tão macia, tão perfumada, tão linda como toda ela é.

E o poema de Deus não é egoísta. Não se guarda em si e para si. É declamado diante dos nossos olhos, a todo instante. Para sentir os seus versos é, simplesmente, acreditar.


Um comentário:

Paula Dutra disse...

Oi Ingrid!
Que legal seu blog! :) Tá lindíssima nessa foto sua, viu?
Vou ler sempre!! :)
saudades,

Paulinha